Um novo conceito em Blog Literário!

Espaço dedicado à divulgação de autores brasileiros, além de matérias e dicas sobre Literatura.
Contato: literaria15@gmail.com

Busca do Literária 15

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

AAAAAção

Contar histórias através de palavras é uma arte cheia de nuances, uma que vamos falar hoje é sobre narração de movimento. Se você escreveu, ou está escrevendo um livro onde há muita ação, talvez com batalhas épicas ou quem sabe tiroteios, você sabe exatamente do que estou falando. Como descrever uma briga num bar, por exemplo, de maneira mais descritiva?
Roteiristas são experts nisso. Como o cinema era mudo no início, toda sua essência se baseia na ação, os personagens são o que fazem, não o que dizem. O diálogo não é extenso, só se diz o essencial para revelar os personagens e levar a história adiante. Trata-se de um mundo onde a trama é contada em imagens.
Você pode perfeitamente narrar combates, fugas, entre outros, sem ter tido qualquer contato com o mundo do roteirismo, talvez aprenda muito com livros de fantasia. Mas a dica hoje é sobre uma nova experiência!
Estudar roteiro, ler alguns e até mesmo escrever os seus, mesmo que poucas páginas, duas ou três, pode ser até deixando de lado a formatação e o modo de escrever que essa arte exige. A questão é que após você passar por essa abordagem vai voltar à literatura com uma visão ampliada, pois no cinema os personagens têm de ser muito bem definidos, as falas precisas, a trama cadenciada, portanto, se após estudar um pouco você conseguir conciliar o aprendizado com a narrativa literária, perceberá o quanto aprimorou sua descrição nos movimentos, a profundidade das falas, não é preciso abrir mão de nada no seu estilo, nem mesmo fazer correções, apenas acrescentar. Você estará ampliando sua gama de conhecimentos no mundo da escrita, se capacitando em mais uma profissão, além de expandir sua visão de mundo. Aproveite!
Sucesso!
Luís Delgado