Um novo conceito em Blog Literário!

Espaço dedicado à divulgação de autores brasileiros, além de matérias e dicas sobre Literatura.
Contato: literaria15@gmail.com

Busca do Literária 15

domingo, 12 de setembro de 2010

As Regras do Jogo

Longe de mim, usar o espaço do Literária 15 para levantar bandeiras de socialismo, comunismo ou capitalismo. Nesta seção, artigos, o objetivo é bem simples, levar esclarecimentos, ajuda, aos escritores iniciantes e compartilhar conhecimento também com os mais experientes.
Portanto, falaremos hoje, de uma maneira prática e resumida, sobre como, nos moldes de sociedade e regime econômico, em que vivemos hoje, o escritor pode criar uma estratégia para tornar viável o comércio de sua obra.
O capital é o eixo da “jogada”, quando você publicar seu livro vai precisar de dinheiro para arcar com certos custos, mesmo publicando por uma editora que não cobre serviço algum, isso mesmo, não é só lidando com editoras que cobram, ou ainda as gráficas, que se tem despesas.
Não é necessário comentar que você irá precisar de uma renda para o caso de publicação independente, então vamos direto ao ponto, falando da hipótese onde o autor não gasta um centavo com a publicação.
Se você realmente deseja que sua obra se torne conhecida, você terá que investir em divulgação, eventos, muitas vezes é bom presentear algumas pessoas com seus livros para que elas façam resenhas tornando tudo mais simplificado para um futuro leitor.
Há que se considerar ainda, neste aspecto, custos com frete, compra de exemplares além da cota a qual você possa vir a ter direito, anúncios e uma série de possibilidades.
Outro ponto também são os concursos literários para romances, onde você aposta na sua obra para ganhar um prêmio que o torne mais conhecido no meio, você terá despesas com inscrição, novamente envio, e tendo a felicidade de vencer, os custos de uma viagem, se a cerimônia for fora de sua cidade.
Enfim, é sempre bom que você tenha um outro emprego, serviço, ou quem sabe um patrocinador, para garantir que as vendas de suas obras não fiquem apenas nas mãos da editora. Vale seu esforço individual também para que juntos, autor e editora, deem o máximo na divulgação. Sem contar que isso pode despertar o interesse de órgãos de imprensa pelo seu trabalho e lhe ofereçam a possibilidade de viver totalmente da escrita. Um sonho de muitos. Não desanime, seja um bom estrategista, faça as contas, veja o quanto pode gastar, como gastar, e mais do que investir num produto, invista no sonho. Neste caso nenhuma fortuna é realmente perdida.

Sucesso!
Luís Delgado