Um novo conceito em Blog Literário!

Espaço dedicado à divulgação de autores brasileiros, além de matérias e dicas sobre Literatura.
Contato: literaria15@gmail.com

Busca do Literária 15

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Tipos de Editoras

Quando seu livro já estiver registrado e você interessado em publicá-lo, vai se deparar com dois caminhos. É o que chamo aqui de tipos de editoras. Existem as comerciais e as que poderíamos chamar de orientadas à publicação.
A diferença é que a primeira não repassa custos ao autor, seu interesse é nas vendas, assim que ela avalia e dá um sinal positivo ao autor sobre a publicação, ela mesma começa a elaborar com cuidado a obra para fins lucrativos. A renda virá principalmente da venda dos exemplares. O autor não terá que se virar sozinho com um plano de Marketing. A que, aqui, chamamos de orientada à publicação, cobra a capa, a diagramação, a revisão e por vezes uma taxa ou outra por algum serviço peculiar. Essa não tem o foco nas vendas, mesmo ganhando com isso, pois recebe diretamente do autor que é quem banca a produção. Muitas vezes não há nenhuma estratégia de vendas.
Com isso você pode então pensar que só o tipo comercial presta. Mas não é bem assim, existem casos e casos. Muitas vezes você pode ter um bom canal de vendas e um livro com grande potencial para ser comercializado. Cada exemplar pode sair barato para você e com isso, penetrar no mercado com excelentes preços é uma ótima via. Por outro lado, contar com o apoio de pessoas experientes que estão interessadas em vender seu produto não é nada mal.
Resumindo, há vantagens e desvantagens. Portanto, pese bem suas intenções, o mercado à sua volta, se você tem como atingir o público com seu produto, capital para bancar uma produção, disponibilidade para se deslocar de uma cidade à outra para entrevistas ou feiras literárias, nível de compromisso. Mas acima de tudo, aposte em você!

Sucesso!
Luís Delgado